Tem Vida na Palavra

A Palavra de Deus é viva, e eficaz. (Hebreus 4:12)

A Bíblia é a Palavra de Deus. Sua leitura pode transformar o caráter e o comportamento das pessoas. A casa, que era um inferno porque abrigava uma pessoa alcoólica, tornou-se um Céu depois que ela deixou a bebida. Onde havia gritos e expressões de medo e espanto, passaram a existir sentimentos de carinho, tranqüilidade e paz. Por quê? Porque a Palavra de Deus é eficaz para transformar vidas.

Bem, mas isso só acontece em lares desestruturados e em minha casa todos somos membros da igreja. Pode até ser, mas não nos esqueçamos de que os judeus também diziam: “Somos descendência de Abraão” (Jo 8:33). Ocorre que, ser cristão, como ser “descendência de Abraão”, não significa muita coisa se não produzirmos “frutos dignos de arrependimento [...] (Lc 3: 8).

Enquanto em nosso meio continuarem as desavenças familiares e até separações, sexo antes do casamento (com a desculpa, especialmente entre os jovens, de que a abstinência “é coisa do passado”), desconsideração para com a Lei de Deus em todos os seus aspectos, “contendas, invejas, [...] intrigas, orgulho [...]”, e alguns “que outrora pecaram e não se arrependeram da impureza, prostituição e lascívia que cometeram” (2Co 12:20, 21), e outras coisas mais que só “o referir é vergonha” (Ef 5:12). Enquanto essas coisas continuarem a acontecer, o ser cristão ou ser “descendência de Abraão” de nada valerá.

Mas, sabe por que essas coisas acontecem? Por causa da substituição que está havendo da leitura e estudo da Bíblia pelos programas de televisão, especialmente as novelas, onde se aprende a fazer aquilo que o apóstolo Paulo deplora. De nosso tempo, quanto dedicamos para a leitura da Bíblia? E para noticiários e outros programas de televisão, quanto gastamos? Segundo os meus cálculos, sendo bastante magnânimo, tirando uma média semanal, gastamos aproximadamente duas horas por dia. Mas para a devoção pessoal, quanto tempo? Cada um responda por si.

A vida espiritual de muitos está definhando porque o relacionamento com a Palavra, que transmite vida, está sendo substituído por outras coisas menos essenciais. Não chegou o tempo de avaliarmos nossa situação espiritual e nosso relacionamento com Deus em casa?

REFLEXÃO: “Medita estas coisas e nelas sê diligente” (1Tm 4:15).