Um Toque de Gentileza

“Vocês devem se vestir de misericórdia, bondade, gentileza e paciência.” (Colossenses 3:12, New Century Version)

O famoso jogador de golfe Tiger Woods há alguns anos fez um contrato com a Nike no valor de cem milhões de dólares. Foi um dos contratos mais caros da história do esporte. Na propaganda, ele aparecia da cabeça aos pés usando produtos Nike: boné, camiseta, luvas, tênis e até a própria bola de golfe trazia a marca Nike.

Paulo diz a todos os cristãos: “Abram seu guarda-roupa e da cabeça aos pés revistam-se de gentileza.” Mesmo na cultura atual, em que todo mundo está com pressa, a gentileza aparece impondo calma, trazendo um clima pacífico, deixando o caminho sem rugas. Ela mostra o poder da graça e da cortesia. Ajuda a manter a si mesmo (a “fera” interior) sob controle. É a atitude de dar aos idosos, senhoras e crianças a preferência onde seja devido.

Numa rápida passada por Hortolândia, levei um pequeno poema para que o tio Luiz, como era carinhosamente chamado o Pastor Luiz Waldvogel, o traduzisse. Disse que passaria no fim da tarde para ver como estava. E no jeitinho frágil, com sua voz delicada, ele se desculpou, mas disse que tinha alguma coisa pronta. Vejam que primor de tradução neste poema intitulado “O sermão vivo”:

“Prefiro ver um sermão, a ouvi-lo pregado um dia;
A que alguém mostre o caminho, prefiro-lhe a companhia;
O olhar melhor se comporta do que o ouvido tão somente,
O bom conselho confunde – o exemplo faz bem à gente.
O melhor dos pregadores é o que vive a pregação,
Pois o que todos desejam é ver o bem em ação.
Aprenderei bem depressa se o modo você mostrar,
Vejo moverem-se as mãos – a língua pode enganar;
Sermões que você profere podem ser bons e ser sábios;
Mas lições prefiro ver, a só ouvi-las dos lábios;
Pode o aviso ser complexo demais para eu compreender,
Mas seus atos, sua vida, ninguém deixa de entender”

(Autor desconhecido).

A rudeza que alguns chamam de “franqueza” não vai atrair ninguém para o evangelho. A atitude de amabilidade trará melhores resultados. Madre Teresa de Calcutá, a personificação da bondade, disse: “Não deixe que ninguém venha até você e vá embora sem se sentir melhor e mais feliz. Seja a expressão viva da gentileza de Deus: gentil no semblante, gentil no olhar, gentil no sorriso.”

Todos ganhamos, se nos vestirmos de gentileza.