Transformados à Sua Imagem

“Essa glória vai ficando cada vez mais brilhante e vai nos tornando cada vez mais parecidos com o Senhor.” (2 Coríntios 3:18, NTLH)

Deus transforma nossa vida desde o momento em que nascemos. Primeiro fisicamente: crescemos, adquirimos força física, brincamos e jogamos. Mentalmente, vamos à escola, melhoramos a memória, aprendemos a tocar algum instrumento, crescemos intelectualmente. Emocionalmente, nos relacionamos com outros, e espiritualmente temos a proximidade de Deus, ao ler Sua Palavra e perceber Sua direção em nossa vida.

O processo de transformação espiritual começa no dia em que nos entregamos a Jesus. Deus coloca à nossa disposição todos os recursos do Céu para que possamos crescer e nos tornar mais como Jesus. A salvação inclui graça e transformação. Se separarmos essas duas coisas, a salvação se torna uma impossibilidade.

A transformação começa quando surge um desejo permanente dentro de nós de mudar e nos tornar cada vez mais semelhantes a Jesus.

Assim que você entra nessa escola, você aprende que:

1. Deus o ama da maneira como você é.
2. Ele o ama tanto que não vai deixá-lo ficar do mesmo jeito. Ele quer mudar e moldar nosso caráter. Quer trabalhar nossos valores e prioridades. Quer nos dar sabedoria.
3. Você viverá como nova criatura (2Co 5:17). Como você se sentiria se, mais ou menos na mesma hora do dia, seu filho repetisse os mesmos pedidos, com as mesmas palavras, dia após dia?

O resultado é que pela contemplação do caráter de Jesus seremos transformados à Sua semelhança. Somente a graça de Cristo pode mudar o coração, e então você refletirá a imagem do Senhor Jesus.

A fim de sermos transformados, Deus cria em nossa agenda brechas oportunas, para sussurrar ao nosso ouvido algumas coisas. Começamos a nos analisar e ver se estamos satisfeitos com nossa vida espiritual, tentando descobrir o que está faltando. Na contemplação, somos transformados.

“E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito” (2Co 3:18).