Refúgio na Presença de Deus

“Para onde poderia eu escapar do Teu Espírito? Para onde poderia fugir da Tua presença?” (Salmo 139:7)

Pegue um mapa e abra-o diante de você. Aponte para qualquer ponto nele. Pode ser a ilha mais remota, no meio do oceano. Deus está lá! Não existe nenhum cantinho do Universo que esteja fora do alcance de Deus. Ele capta milhões de objetos de uma só vez e vê, tudo completamente, num só momento.

Hoje existem sistemas sofisticados para monitoramento de pessoas. São câmeras ocultas, celulares, escuta clandestina e outros aparatos.

Deus não é uma espécie de paparazzo com câmeras de longo alcance, reunindo imagens em que fomos flagrados fazendo o que não devíamos, como prova de que Ele pode nos condenar.

O sistema de Deus é mais sofisticado, não para nos punir ou nos surpreender quando erramos. Seu sistema tem a finalidade de cuidar de nós e nos acompanhar.

“Só vou se você for comigo.” Que pai já não escutou isso de um filho ou de uma filha? A experiência pela qual iríamos passar era a mesma; porém, a presença do pai ou da mãe dava segurança, tranquilidade. É como a certeza de que, mesmo diante de qualquer emergência, qualquer imprevisto e qualquer problema, Deus está ali. Ele sabe de tudo. Sabe como resolver o problema e não vai nos abandonar.

Se Deus está em todo lugar, isso significa que você não pode se afastar dEle porque Ele sempre está perto. Não adianta se esconder de Deus, meter-se num bunker ou no porão de um navio, como fez Jonas para fugir de Deus.

Davi, em sua imaginação poética, diz: “Se eu subir com as asas da alvorada...” (Sl 139:9), ou, parafraseando, “se eu alcançar a velocidade da luz para fugir de Ti, até ali Teu braço irá me buscar”. “O braço do Senhor não está tão encolhido que não possa salvar” (Is 59:1).

O interesse de Deus por nós é exclusivo, como se não houvesse outra pessoa no Universo para quem dar atenção. Ele vê você permanentemente, esteja sozinho ou acompanhado.

“Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com Minha mão direita vitoriosa” (Is 41:10).

Em nossa caminhada rumo ao Céu, não estamos sós. A presença de Deus não era uma ameaça para o salmista, mas seu conforto e segurança.