Lidando com a estafa

"Porque assim diz o Senhor Deus, o Santo de Israel: Em vos convertedes e em sossegardes, está a vossa salvação; na tranqüilidade e na confiança, a vossa força." (Isa. 30:15)

O Sr. Jacobsen estava ciente de que seu cargo de gerente de uma próspera empresa exigia muito dele. Sabia que era uma pessoa muito ativa que raramente descansava o suficiente. Mas, parecia contente com isso. Na verdade, ele ostentava noites insones e agenda superlotada como medalhas de honra ao mérito; considerava tudo isso símbolo de dedicação ao trabalho.

Finalmente, um dia, uma dor lancinante em seu peito fez com que corresse para o médico. Depois de examiná-lo, o doutor perguntou: "Você está muito pressionado ultimamente?" Um tanto sarcástico, ele respondeu: "Quem não está sob pressão hoje?" Então, o médico aconselhou: "Não sei o que você faz, mas recomendo que procure outro trabalho." O Sr. Jacobsen entendeu que, se ele tinha de deixar a empresa, algo estava errado. Na verdade, aos 29 anos, já se encontrava à beira de um infarto. Muitos acham difícil frear a corrida que leva à estafa. Às vezes, é necessário um aviso médico. Outras vezes, só paramos quando o dano já está feito.

Há momentos na vida em que Deus nos chama para reavaliarmos nossas prioridades. Seu Espírito nos convida à reflexão. A vida tende correr velozmente e se acabar antes que percebamos. E, sem períodos de reflexão, vamos correndo de uma coisa para a outra sem descanso. Mas necessitamos planejar nossos momentos de meditação.

Você está sempre com pressa? Sente a corrente levar-lhe rio abaixo, velozmente? Aqui estão alguns conselhos que podem ser úteis:

"Bom é aguardar a salvação do Senhor, e isso, em silêncio." Lam. 3:26.

"No meu leito, … de Ti me recordo e em Ti medito, durante a vigília da noite." Sal. 63:6.

Não deixe que a vida simplesmente se escoe. Faça uma pausa. Medite. Descanse. Espere pacientemente no Senhor. Avalie suas prioridades. Respire fundo e deixe o Deus da eternidade lhe dar uma nova perspectiva.