NO DESERTO DA TENTAÇÃO

UMA VIDA COM PROPÓSITO

A Bíblia contém vida, entendimento e esclarecimento. A verdadeira meditação envolve submissão ao domínio do Espírito Santo. Meditar é a faculdade de pensar, refletir e analisar os versículos da Bíblia, numa atitude de dependência total do Espírito Santo, para que Ele revele a verdade contida nesses livros e seu significado.

JESUS, MEU EXEMPLO DE VIDA

"Ele estava presente quando Cristo Se apresentou a João para o batismo. Ouviu a voz majestosa ressoando através do Céu e ecoando pela Terra como estrepito de trovão. Viu os relâmpagos das nuvens dos céus e ouviu as respeitáveis palavras de Jeová... Compreendeu que a comunicação do trono de Deus significava que o Céu estava mais diretamente acessível ao homem."

Estava aberto diante de todos o caminho para a humanidade voltar ao plano original de Deus. Cristo, em Sua humilhação, era exaltado no céu pelos anjos, e admirado por Seu tão grande amor.

"Satanás, que tinha sido um honrado anjo no Céu, ambicionava honras mais exaltadas do que as que Deus dera a Seu Filho. Ele se tornou ciumento de Cristo ..."

Movido pela ira, ciúmes e rancor, Satanás tentou Jesus com todas as suas forças.

"Quarenta dias foi tentado por Satanás, e nesses dias nada comeu. Tudo em redor dEle era desagradável e de modo a fazer a natureza humana recuar. Ele estava com as feras e com o diabo, em um lugar desolado, solitário. O Filho de Deus estava pálido e enfraquecido, pelo jejum e sofrimento. Seu caminho, porém, estava traçado, e Ele deveria cumprir a obra que viera fazer.

Satanás tirou vantagens dos sofrimentos do Filho de Deus, e preparou-se para assedia-Lo com múltiplas tentações, esperando obter vitória sobre Ele, porque Se humilhara como um homem." Mas não conseguiu êxito.

"Satanás sabia o que tinha perdido. Agora temia que seu império sobre o mundo fosse contestado e quebrado seu poder." Cristo venceu a Satanás e nos capacitou, pelo Seu

poder, a fazer o mesmo. "Cristo nos mostrou o que devemos fazer quando tentados: Quando Ele disse a Satanás: "Retira-te" (Mateus 4:10), o tentador não pode resistir a essa ordem. Foi obrigado a se afastar.

Contorcendo-se de ódio, o chefe rebelde deixou a presença do Redentor do mundo.

Por hora, o combate havia terminado. A vitória de Cristo fora tão completa quanta a derrota de Adão."

VIVENDO COMO UM DISCÍPULO

Cristo foi tentado, assim como nos somos tentados. Ele sofreu o máximo das tentações que o inimigo pode dirigir a alguém, e venceu. Como representante do homem, Ele enfrentou todas as forças de Satanás.

O ser humano jamais será tentado como Cristo foi. Nem será tentado acima do que pode suportar. Assim como Cristo, devemos resistir ao inimigo, pois a Bíblia diz: "Resisti ao diabo, e ele fugira de vós. Chegai-vos a Deus, e Ele Se chegara a vós" (Tiago 4:7 e 8).