O BATISMO

UMA VIDA COM PROPÓSITO

Estar ao lado de Cristo deve ser a grande alegria de um cristão, seja falando com Ele através da oração, da leitura da Bíblia, da meditação, ou mesmo permanecendo em Sua presença em silencio. O importante e a disposição de contemplar a Cristo.

JESUS, MEU EXEMPLO DE VIDA

O ministério público de Jesus teve início com o Seu batismo. Voluntariamente Ele foi a João Batista para ser batizado nas águas do Rio Jordão. João fora enviado para preparar o caminho do Salvador, em sua pregação a tônica era: "...O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho" (Marcos 1:15).

Pessoas de todos os lugares vinham ao deserto para ouvir tais palavras, eram um convite para o abandono do pecado e preparo para o encontro com o Messias.

"O Senhor havia revelado a João que algum dia o Messias viria a ele e pediria para ser batizado. Havia também a promessa de que um sinal Ihe seria dado, de modo que ele pudesse saber quem era.

Ao pedir Jesus, o batismo, João recusou, exclamando: 'Eu careço de ser batizado por Ti, e vens Tu a mim? Com firme, se bem que branda autoridade, Jesus respondeu: 'Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça'. E João, cedendo, desceu com o Salvador ao Jordão, sepultando-O nas águas. 'E logo que saiu da água' Jesus 'viu os céus abertos, e o Espírito, que como pomba descia sobre Ele' (Mateus 3:14 e 15)."

"Satanás achava-se entre os espectadores quando Cristo Se apresentou a João para o batismo. Ouviu a voz majestosa ressoando através do Céu e ecoando pela Terra como estrépito de trovão. Viu os relâmpagos das nuvens dos céus e ouviu as respeitáveis palavras de Jeová: "Este é o Meu Filho amado, em quem Me comprazo" (Mateus 3:17).

"O abrir dos Céus em conexão com a voz de Deus dirigida a Seu Filho foi como um toque mortal para Satanás. Temeu que Deus estava agora mais disposto a unir o homem a Si mesmo e conferir-Ihe poder para vencer suas artimanhas."

Satanás não podia entender, em seu caráter egoísta, que Deus seria capaz de um ato de tão grande amor por Suas criaturas. Que a grande Majestade dos céus pudesse abrir mão de Seu trono, de Sua posição, e vir a este mundo de pecado, colocando-Se no lugar do homem, era incompreensível para ele. Quando viu tão grande desprendimento de Jesus ao deixar a glória dos céus para estar entre suas pecadoras criaturas, viu que seria vencido e passou a lutar com todas as forças para destruir a Cristo e fazer fracassar Seu plano.

Cristo venceu Satanás e suas tentações para que nEle fossemos vencedores.

"Os mais necessitados, os mais pecadores, os mais desprezados podem ter acesso ao Pai. Quando vamos a Ele em nome de Jesus, a mesma voz que falou a Cristo, fala a nós dizendo: 'Este é o Meu filho amado, em quem Me comprazo' (Mateus 3:17)."

VIVENDO COMO UM DISCÍPULO

Cristo carregou sobre Si o peso de nossos pecados e venceu o mal em todas as instâncias, possibilitando ao ser humano a vitória. Ele venceu o originador de todas as tentações, e assim venceu na base, todas as espécies de pecado.

Cristo suportou a prova quanto ao apetite, o amor ao mundo e a ostentação, que induz à presunção. Foi vitorioso onde nossos pais Adão e Eva caíram, obtendo assim a vitória sobre o pecado.