NA PRESENÇA DOS DOUTORES DA LEI

UMA VIDA COM PROPÓSITO

Cada dia que Deus nos concede deve ser vivido com toda intensidade cristã. Viver assim é estar o máximo possível na presença de Jesus, fazendo dEle nosso grande e inigualável amigo.

Só é possível alcançar intimidade com Cristo, passando tempo diário com Ele, assim como fazemos quando estamos nos familiarizando com outra pessoa.

JESUS, MEU EXEMPLO DE VIDA

Quando Jesus tinha doze anos, José e Maria O levaram para as festividades da páscoa em Jerusalém. "Com ofertas de gratidão vinham eles, desde o varão de cabelos brancos até a criancinha, a fim de se encontrarem com Deus em Sua santa habitação". Ele estava muito feliz pela oportunidade de ir adorar a Deus em Sua casa de habitação.

Era a primeira vez que Jesus ia ao templo. Podemos imaginar Sua emoção. Ali, pôde contemplar os sacerdotes com suas vestes brancas realizando as cerimônias, viu os inocentes animais sendo sacrificados e identificou-se com eles, como sendo, Ele próprio, o Cordeiro de Deus.

“Elevado pela contemplação dessas cenas, não permaneceu ao lado dos pais. Buscou estar sozinho. Ao terminarem as cerimônias pascoais, demorou-Se ainda no pátio do templo; e, ao partirem os adoradores de Jerusalém, Jesus foi deixado ali... José e Maria esperavam que nessa visita, Jesus fosse levado a reverenciar os doutos rabinos, e a atender mais diligentemente a suas exigências. Mas Jesus, no templo, fora instruído por Deus. Aquilo que recebera, começou imediatamente a comunicar."

"Os rabis sabiam que Jesus não havia sido instruído em suas escolas; no entanto, Seu conhecimento das profecias excedia em muito o deles próprios. Nesse refletido Rapazinho Galileu divisaram grandes promessas. Desejaram angariá-Lo como aluno, a fim de que Se tornasse mestre em Israel. Queriam encarregar-se de Sua educação, convencidos de que um espírito tão original devia ser educado sob sua direção. [...]

A modéstia juvenil e a graça de Jesus lhes desarmava os preconceitos. Inconscientemente, seu espírito abriu-se à Palavra de Deus, e o Espírito Santo lhes falou ao coração."

Ao deixarem Jerusalém para retornar ao lar, José e Maria não perceberam a ausência de Jesus. Pensaram que Ele estivesse ali por perto, junto com Seus amigos e companheiros de viagem. Quando pararam à noite, sentiram Sua falta e começaram a procurá-Lo entre o grupo, porém em vão. Voltaram a Jerusalém, e depois de três dias, O encontraram no templo.

"Se José e Maria houvessem firmado a mente em Deus, mediante meditação e oração, teriam avaliado a santidade do depósito que lhes era confiado, e não teriam perdido de vista a Jesus. Pela negligência de um dia perderam o Salvador; custou-lhes, porém, três dias de ansiosas buscas o tornar a encontrá-Lo."

VIVENDO COMO UM DISCÍPULO

Será que as atividades do dia a dia, a luta pela sobrevivência ou afazeres, não têm tirado nossa atenção de Cristo? Tem você trilhado caminhos distantes do Mestre e o seu coração está triste, amargurado e desanimado?

Não se desespere! Jesus ainda esta lá - em Seu trono de graça - e com Suas mãos feridas, oferece a você perdão e reconciliação. Não tente buscar longe o que esta tão perto. Sinta o poder de Cristo neste dia tocando o seu coração.