A PURIFICAÇÃO DO TEMPLO

UMA VIDA COM PROPÓSITO

Todas as ações de Cristo aqui na terra tinham o propósito de ensinar lições. Na Santa Ceia, nenhum dos discípulos estava disposto a lavar os pés dos colegas. Sentiram-se humilhados com a possibilidade de ocupar a posição de um servo. Foi quando Jesus levantou, pegou a bacia e lavou os pés de cada um deles, deixando-nos uma grande lição. Ele disse: "Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros" (João 13:14).

JESUS, MEU EXEMPLO DE VIDA

"No princípio de Seu ministério, Cristo expulsara do templo os que o manchavam por seu profano tráfico; e Sua atitude severa e divina enchera de terror o coração dos astutos comerciantes. Ao fim de Sua missão, foi Ele outra vez ao templo e encontrou-o de novo profanado como antes."

"Cristo parou na escadaria e varreu o átrio com Seu olhar penetrante. Todos os olhares voltaram-se para Ele. O vozerio das pessoas e o mugido dos animais cessaram. Todos olhavam o Filho de Deus atônitos e temerosos.

Naquele instante, a divindade irrompeu através da humanidade e deu a Jesus um poder e glória que jamais se manifestara nEle antes. O silêncio tornou-se quase insuportável.

Finalmente Ele disse em voz clara e com tal poder que sacudiu as pessoas como uma violenta tempestade:

'Está escrito: A Minha casa será casa de oração. Mas vós a transformastes em covil de salteadores' (Lucas 19:46).

E com autoridade maior ainda da que manifestara três anos antes, ordenou: Tirai daqui estas coisas' (João 2:16).

Em outra ocasião os sacerdotes e os líderes do templo haviam fugido diante de Sua voz cheia de autoridade. Depois sentiram-se envergonhados de seu temor e decidiram que não mais recuariam daquele jeito.

Porém, naquele momento sentiram-se mais aterrorizados ainda e com toda pressa saíram do templo, levando consigo sua mercadoria."

"Ao saírem do templo, encontraram no caminho uma multidão que trazia os enfermos, indagando pelo grande Médico. As notícias dadas pelos que fugiam, fizeram com que alguns desses voltassem atrás. Temiam encontrar Alguém tão poderoso, cujo simples olhar afugentara de Sua presença os sacerdotes e principais. O maior número, porém, avançou por entre a multidão apressada, ansiosos de encontrar Aquele que era sua única esperança. Ao fugir do templo a multidão, muitos ficaram atrás. A esses se reuniram então os recém-vindos. Novamente o pátio do templo se encheu de doentes e moribundos, e mais urna vez, Jesus os socorreu."

VIVENDO COMO UM DISCÍPULO

Hoje, o que Jesus deseja fazer e entrar em nosso coração e expulsar tudo de ruim que está impedindo nossa comunhão com o Pai. Ele almeja trazer-nos novamente para Seu rebanho.

Faça uma entrega total a Cristo, dizendo: Senhor, por favor, purifica-me! Tira de mim a avareza, a maldade, os vícios, a ambição; enfim, faça de mim um vaso novo em Suas mãos.