A ENTRADA TRIUNFAL

UMA VIDA COM PROPÓSITO

Porque, os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho; a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos" (Romanos 8:29).

JESUS, MEU EXEMPLO DE VIDA

Aproximava-Se Jesus de Jerusalém para assistiras às festividades da Páscoa.Uma grande multidão, que também se dirigia para participar desse importante evento cercava-O. A Seu pedido,dois discípulos trouxeram um jumentinho, para que, montado nele, pudesse entrar em Jerusalém. Colocaram suas vestes sobre o dorso do animal e ajudaram o Mestre a montar.

"Cristo estava seguindo o costume judaico nas entradas reais. O animal que montava era o mesmo cavalgado pelos reis de Israel, e a profecia predissera que assim viria o Messias a Seu reino."

"Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e Salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta" (Zacarias 9:9).

"Logo que Ele Se sentou no jumentinho, um grande grito de triunfo atroou nos ares. A multidao aclamou-O como o Messias, seu Rei. Jesus aceitou agora a homenagem que nunca dantes permitira, e os discípulos consideraram isso como prova de que suas alegres esperanças se realizariam, vendo-O estabelecido no trono. O povo ficou convencido de aproximar-se a hora de sua emancipação. Em pensamento viram os exércitos romanos expulsos de Jerusalém, e Israel mais uma vez nação independente. Todos estavam contentes e despertos; disputavam entre si o render-Lhe honras. Não podiam exibir pompas e esplendores, mas prestaram-Lhe o culto de corações felizes. Não Ihes era possível presenteá-Lo com dádivas custosas, mas estendiam as vestes exteriores à guisa de tapete em Seu caminho, e também espalharam ramos de oliveira e palmas por onde devia passar. Não podiam abrir o cortejo triunfal com bandeiras reais, mas cortavam ramos de palmeira, os emblemas de vitória da natureza, e os agitavam no ar com altas aclamações e hosanas."

“Todos, naquela multidão sempre crescente, sentiam-se felizes e entusiasmados. O povo não podia oferecer-Lhe presentes caros, mas lançavam suas túnicas como tapete pelo caminho por onde Ele passava.

Também colheram lindos ramos de oliveira e palmeira para adornar a passagem. Julgavam que escoltavam Aquele que haveria de tomar posse do trono de Davi em Jerusalém."

"O Filho de Deus estava prestes a tornar-Se um sacrifício pelos pecados do homem. Sua igreja, em todos os tempos, deveria tornar o tema de Sua morte um assunto de profundo estudo e reflexão. Era, portanto, necessário, que a atenção de todos fosse dirigida a Ele."

VIVENDO COMO UM DISCÍPULO

Centenas de pessoas desejavam que Cristo assumisse o reino de Israel, e as libertasse das maldosas mãos dos romanos. Sonhavam que Jesus usasse Seu poder para enfrentar e destruir o exército inimigo. Ficaram imensamente frustrados porque isso não aconteceu. O que Jesus desejava era reinar no coração de cada ser humano. Ele deseja fazer, hoje, o mesmo em sua vida.