O SEU NASCIMENTO

UM DIA COM PROPÓSITO

Reviver é um projeto no qual, durante trinta e três dias, teremos o privilégio de rever toda a história da Vida de JESUS. Cada dia da nossa reflexão estará simbolizando um ano de Sua vida terrena, que teve início na humilde manjedoura e o fim na cruz do Calvário, onde cumpriu um PACTO DE AMOR através de Seu sacrifício e morte. Faça de Cristo o seu exemplo de vida a cada dia.

Vamos começar hoje relembrando o Seu nascimento.

JESUS, MEU EXEMPLO DE VIDA

Nazaré era uma pequena cidade localizada entre as colinas da Galiléia. Um lugarejo simples onde moravam José e Maria, os escolhidos por Deus para serem pais de Jesus. Quando o menino estava prestes a nascer, eles desceram a Belém para cumprir um decreto que convocava todos para um recenseamento em seu local de origem. Esta era uma viagem difícil, porque havia as intempéries do dia e da noite. Além disso as estradas eram perigosas e Maria precisava de descanso, pois estava prestes a dar à luz. Chegando a Belém, não encontraram lugar nos hotéis para que pudessem descansar tranquilamente.

As pessoas com mais recursos financeiros não encontraram dificuldade para se alojarem nos melhores hotéis, mas o Salvador do mundo, em “...Seu nascimento, dependeu da hospitalidade de estranhos.”

Embora o casal não fosse dono de muitas posses, o filho de Deus estava no ventre daquela simples mulher, podiam sentir o amparo celeste, e isso, era tudo.

Anjos os acompanharam durante a viagem e quando a noite chegava os mensageiros celestes guardavam o seu repouso. Não foram deixados a sós, pois, os anjos permaneceram com eles.

Por não encontrarem lugar nas hospedarias, cederam-lhes um lugar humilde, onde animais que serviam aos homens descansavam: um estábulo. Foi em uma rude manjedoura que nasceu o Salvador do mundo, Aquele que vivia nas cortes celestiais em Seu trono de glória, com toda formosura, onde era adorado por todos os anjos do céu

O nascimento de Cristo foi destituído de grandeza mundana. “Contudo, Seu nascimento foi mais honrado do do que o de qualquer dos filhos dos homens. Anjos celestiais informaram os pastores do advento de Jesus, e luz e glória de Deus acompanharam seu testemunho. O exército celestial tocou suas harpas e glorificou a Deus. Triunfantemente anunciaram o advento do Filho de Deus a um mundo caído a fim de cumprir a obra da redenção e trazer paz, felicidade e vida eterna ao homem, mediante Sua morte. Deus honrou o advento de Seu Filho. Os anjos O adoraram.”

VIVENDO COMO UM DISCÍPULO

Aquele que criou o céu e a terra Se colocou em uma posição de tamanha humilhação por amor à humanidade. Cristo espera hoje, que nos entreguemos totalmente a Ele, assim como Ele Se entregou ao Pai. Essa deve ser a nossa resposta de fé diante desse imensurável amor, pois ninguém nunca nos amou tanto, e nem nos amará como Ele.