Ele aquieta

E ele, despertando, repreendeu o vento e disse ao mar: Acalma-te, emudece! O vento se aquietou e fez-se grande bonança. (Marcos 4:39)

Com a voz calma, porém com autoridade, Jesus disse: “Acalma-te, emudece!” As ondas se transformam em leves ondulações.

Quando nosso coração sofre a turbulência do pecado e parece haver pouca esperança, contemplamos o Salvador de misericórdia e perdão. Bradamos a nossa confissão, e Ele aquieta o mar encapelado da alma. Declara: “Bem aventurados são os mansos, os calmos, os gentis.”


(Larry Yeagley)