A argila perfumada

Relata-se a alegoria de um homem sábio que viveu no passado, cujo nome era Saad. Certo dia alguém lhe trouxe um punhado de argila e essa estava perfumada. O sábio perguntou ao homem onde argila adquirira aquele perfume. O homem respondeu:

- A argila não é perfumada, mas ela ficava em companhia da rosa e a rosa passou o seu perfume para a argila.

Assim acontecerá conosco se andarmos na companhia de Jesus. Iremos exalar Sua fragância.

Como perfume que se espalha por todos os lugares, somos usados por Deus para que Cristo seja conhecido por todas as pessoas. Porque somos como o cheiro suave do incenso que Cristo oferece a Deus, cheiro que se espalha entre os que se salvam e os que se perdem.

“xxx xxxxxx.” (Apocalipse 22 :13)