Nada se Alcança Sem Esforço

Dois irmãos foram admitidos em uma empresa como faxineiros, pois tinham pouca instrução. Um dia, a empresa ofereceu a oportunidade para os funcionários cursarem o supletivo depois do horário do expediente. Um dos irmãos aproveitou a oportunidade para estudar, enquanto o outro disse:

– Depois do trabalho, eu vou é descansar. Não fico por aqui nem mais um minuto.

Algum tempo depois, a oportunidade de estudo se repetiu. Toda sorte de cursos foi oferecida: informática, contabilidade, relações humanas e publicidade. Enquanto um agarrava cada chance como uma oportunidade para seu desenvolvimento pessoal e profissional, o outro sempre tinha uma desculpa. Era o futebol, o programa de televisão ou o bar com os amigos.

Depois de alguns anos, o rapaz que investiu em seu tempo, com esforço e diligência, foi se destacando na empresa. Cada nova função para a qual era chamado fazia com que ele se dedicasse mais.

Finalmente, ele se tornou um dos presidentes da empresa. Na verdade, o mais competente deles.

Um dia, fizeram uma grande festa para o rapaz. Alguém que não sabia do parentesco entre os irmãos, se aproximou do faxineiro e lhe disse:

– Esse rapaz é formidável.

– Pois é, ele é... é meu irmão... – disse o faxineiro.

– Ele é seu irmão?! – o homem perguntou, assustado. – Ele é gerente e você faxineiro?

– É que ele teve mais sorte na vida do que eu.

Como você deve ter percebido, a diferença entre aqueles dois irmãos não tinha nada que ver com sorte. Enquanto um era esforçado e diligente, o outro vivia acomodado e despreocupado. O resultado foi visível para qualquer um que quisesse ver.

Com qual dos dois irmãos você quer se parecer?


"Farei tudo o que puder." (2 Pedro 1:15)