Cristo Vive!


Conta-se que quando foi implantado o comunismo na Rússia, uma comissão ia de cidade em cidade com o encargo de tirar da mente do povo o espírito religioso. Reuniam os habitantes, discursavam sobre as vantagens do novo regime e as desvantagens da religião; pregavam suas filosofias. Davam ênfase à seguinte afirmação: "Tudo no mundo é matéria: Deus não existe".

Finalmente, para confirmar o discurso em determinada cidade, onde se reunia grande multidão, chamaram o velho pastor daquele lugar para vir à frente. Disseram-lhe:

- O senhor tem cinco minutos para desmentir tudo o que tem ensinado a este povo durante esses anos.

- Eu não preciso de cinco minutos - disse o velho servo de Deus. - Bastam cinco segundos.

Chegando mais à frente, com voz trêmula, porém vibrante, ele perguntou a multidão:

- Cristo vive?

- Cristo vive!


“Porque eu sei que o meu redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, ainda em minha carne verei a Deus. Vê-lo-ei por mim mesmo, e os meus olhos, e não outros, o verão...” (Jó 19:25-27)