Trabalhando nos bastidores
                                    Miriã


Apesar de Miriã aparecer mais nos primeiros livros da Bíblia, é curioso que muitas centenas de anos mais tarde Miquéias tenha usado a posição dela e sua importância para se fazer entender pelo povo. Miriã fazia parte do trio responsável por livrar o povo de Deus do cativeiro no Egito (Miquéias 6: 4). Os irmãos mais jovens de Miriã eram Arão, o primeiro sumo sacerdote, e o famoso Moisés.

O relato bíblico acerca de Miriã começa com ela cuidando de seu irmãozinho, o bebê Moisés. Quando Miriã ajudou a salvar a vida de Moisés, os recém-nascidos hebreus estavam sendo sistematicamente assassinados. Joquebede havia escondido Moisés até que não era mais possível ocultá-lo.

Então, ela o colocou num cesto no rio Nilo e pediu a Miriã que cuidasse dele. A filha de Faraó encontrou a cesta com o bebê e decidiu criá-lo como seu próprio filho. Naqueles dias, anteriores as mamadeiras, Miriã se ofereceu para encontrar uma ama de leite para o bebê. A própria mãe de Moisés alimentou-o diariamente.

Juntamente com os dois irmãos, reconhecidos homens de Deus (o que poderia tê-la intimidado), Miriã é um belíssimo exemplo do valor do discipulado feito nos bastidores. Se, quando criança, ela não houvesse trabalhado dentro dos planos de Deus, Moisés poderia ter morrido ainda bebê.

Porque Miriã zelava por seu irmão, ele cresceu e se tornou homem, descobriu sua herança hebréia e respondeu ao apelo de Deus para libertar os hebreus da escravidão. Por quase quatrocentos anos, os hebreus oraram pela libertação. Moisés, Arão e Miriã se tornaram à resposta as orações daquele povo. Êxodo 15: 19 à 21 registra Miriã conduzindo as mulheres hebréias em uma dança vitoriosa por causa da liberdade.

Mas Miriã não era perfeita. Como muitos, algumas vezes, falava sem pensar. Ela e Arão criticaram Moisés por causa da mulher com quem ele se casara. Por que? Eles diziam que foi uma tola competição entre mulheres - mas, na verdade, era ciúme de Moisés (veja Números 12: 2).

Moises era o mais jovem, mas, mesmo assim, recebia mais atenção de Deus que os irmãos. Deus ficou tão zangado com essa atitude de Miriã que a atingiu com a lepra, uma terrível doença na pele. Mostrando seu caráter humilde, Moises suplicou a Deus que a curasse. E Deus a curou, mas somente depois de fazer de Miriã um exemplo.

Miriã faleceu durante a jornada pelo deserto, em direção a Terra Prometida. Ela demonstrou habilidade para resolver problemas, celebrar os feitos do Senhor e trabalhar em equipe com os irmãos. Miriã também se precipitou em dar opiniões erradas. Em que Deus deseja que você se pareça ou se diferencie dela?



Para saber mais a respeito de Miriã, leia Êxodo 2: 1 à 10; 15: 19 à 21; Números 12; 20: 1; Deuteronômio 24: 8 e 9; I Crônicas 6: 3 e Miquéias 6: 4.