Sabedoria Humana

Porque a sabedoria deste mundo é loucura aos olhos de Deus. 1 Coríntios 3:19.

Eu estava concluindo o mestrado, e meu professor do módulo de doenças infectocontagiosas era um médico, com 60 anos de experiência. Um dia, perguntaram-lhe sobre a cura do pênfigo foliáceo endêmico (fogo-selvagem). Ele respondeu enfaticamente que não havia cura. Para mim, foi surpresa, pois algum tempo antes eu havia lido o livro que conta a história da primeira mulher curada do fogo-selvagem.

Que deveria eu fazer? Devia dizer algo numa turma de 42 alunos, estudantes que eram médicos, enfermeiras, advogados e nutricionistas? Seria correto desafiar um epidemiologista com 60 anos de experiência? Naquele momento, eu não tinha em mãos nenhum recurso científico para contestar o que o professor dissera. Sem saber o que fazer, orei, pedindo sabedoria.

Então, levantei a mão e mencionei ao professor um hospital em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil, que oferece com sucesso o tratamento para muitos pacientes com essa doença. Ofendido com o meu comentário, o professor apontou o dedo para mim e disse: “Olhe, minha jovem, em 60 anos de prática da medicina, eu nunca soube que existe cura para essa doença. Quero que prove o que está afirmando.” Eu não contava com esse desafio, e fiquei constrangida com os olhares que recebi dos meus colegas. Mais uma vez, orei pedindo socorro para levar aquela situação a um bom termo.

No dia seguinte, telefonei para um professor do Unasp. Ele me garantiu que eu receberia o material em pouco tempo. Foi enviada uma carta ao hospital em Campo Grande, solicitando o material científico necessário, e até histórias de muitas pessoas que haviam sido curadas. Passei uma noite inteira estudando o material e agradecendo a Deus a resposta. Fiz as cópias necessárias e as entreguei ao professor.

Três meses depois, aquele professor e eu nos encontramos no corredor. Ele me apertou a mão, agradeceu o material e declarou: “Eu achava que sabia tudo, mas estava errado. Aquele material que você me deu foi distribuído em mais de 50 instituições de saúde pública em São Paulo.”

Louvado seja Deus por Suas maravilhas e por proporcionar sabedoria do Céu quando necessário!

(Maria Chèvre)