Filha, Não Neta

Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nEle, e Ele agirá. Salmo 37:5.

Eu me havia levantado muito cedo para atender um dos meus filhos e, como já estava amanhecendo, não consegui dormir novamente. Meus pensamentos se voltaram para o futuro e para problemas que eu sabia que precisava resolver logo. O que eu faria naquele ano? Que portas se abririam para mim?

Não precisei fazer perguntas por muito tempo, porque meu Senhor me respondeu fazendo-me lembrar do texto de hoje. Esse verso foi um conforto para minha mente ansiosa, porque pude sentir a profundeza dessas palavras. Esse havia sido meu verso favorito durante a infância e parte da juventude; mas, por longo tempo, eu me esquecera dele. Onde, ao longo do caminho, ou em que curva da estrada, perdi o senso da direção divina? Por que tanta angústia e sofrimento deprimente durante os anos passados?

Na tentativa de decifrar as questões da minha vida, lembrei-me de que esse verso também era o preferido de meu pai.

Enquanto o dia se tornava mais claro, meus pensamentos também se iluminavam. Deus permite pedras e buracos ao longo do caminho para que minha confiança nEle seja completa. Minha confiança deve basear-se numa experiência pessoal, e não na que meu pai teve com Ele. Entendi que minha confiança e segurança estavam mais alicerçadas em meu pai terrestre do que no meu Pai celestial. Deus queria que eu fosse Sua filha – não Sua neta – e eu precisava continuar aprendendo a confiar no meu Pai celeste e a depender dEle cada vez mais.

Com o apóstolo Paulo, posso dizer: “Não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo” (Filipenses 3:13, 14).

Seria possível que você também estivesse vivendo (ou talvez sobrevivendo) mediante uma fé que não é sua, mas de outra pessoa? Que você fosse neta, em vez de filha na fé?

Permita-se ter uma experiência pessoal com Deus, para que sua fé seja um relacionamento direto, legítimo, e não uma fé adotiva. Entregue-se a Ele. Confie nEle. Ele tem feito grandes coisas, e deseja fazer mais por você. Na verdade, Ele deseja fazer tudo – e mais ainda.

(Denise Mückenberge Lopes)