Deus Não Desistiu de Nós

Jesus, fitando neles o olhar, disse-lhes: Isto é impossível aos homens, mas para Deus tudo é possível. Mateus 19:26.

Seis anos atrás, mudamo-nos de uma cidade movimentada para uma pequena comunidade, a 320 quilômetros de onde havíamos morado por 21 anos. Meu esposo e eu tínhamos visitado, ali perto, o internato de ensino médio para nosso filho mais novo. Mas, ao ver a região, concluímos que era um lugar onde jamais desejaríamos nos estabelecer. Deus, porém, deve ter tido outros planos, porque já estamos morando aqui, alegremente, estes seis anos. Compramos uma casa numa propriedade de um acre e meio, com uma enorme árvore de mimosa na frente e duas lindas árvores-de-judas atrás e ao lado da casa.

Certa vez, estivemos fora de casa por alguns dias e, ao regressar, vimos que uma das árvores havia sido desarraigada pelo vento e chuva forte. Era uma árvore adulta, de uns 15 anos de idade. Nós a cortamos, lamentando a perda. Na primavera seguinte, notamos que uma árvore-de-judas crescia no mesmo lugar, provavelmente a partir de um pequeno fragmento de raiz que permanecera no solo, sem ser percebido. Meu esposo cuidou ternamente desse pequeno broto e agora, seis anos depois, temos uma bela e saudável árvore em plena floração.

Às vezes, uma tragédia ou tempos difíceis cruzam nosso caminho. Parece que esses ventos contrários nos abatem, e não vemos como nos reerguer outra vez. Mas Deus, em Sua bondade, nos conforta, nos trata bem e nos ama tanto que não podemos deixar de olhar para cima, sorrir e tentar outra vez, porque sabemos que Deus ainda não desistiu de nós. Ele nos ama demais para desistir de nós. Davi falou dessa proteção que vem somente de Deus: “Esses veem as obras do Senhor e as Suas maravilhas nas profundezas do abismo. Pois Ele falou e fez levantar o vento tempestuoso, que elevou as ondas do mar. [...] Então, na sua angústia, clamaram ao Senhor, e Ele os livrou das suas tribulações. Fez cessar a tormenta, e as ondas se acalmaram. Então, se alegraram com a bonança; e, assim, os levou ao desejado porto” (Salmo 107:24-30).

Muito obrigada, Senhor, por estares conosco a cada passo do caminho, com Teu Espírito que nos guia e Tua mão que nos ajuda. Sem Ti ao nosso lado, não cresceríamos nem teríamos esperança. Obrigada, Senhor!

(Janet Thornton)