Parada Pela Polícia

Serei vosso Pai, e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-poderoso. 2 Coríntios 6:18

Eu estava fazendo uma longa viagem de carro, do estado de Washington para o Texas. A cada anoitecer, parava de dirigir em tempo de me acomodar num hotel antes que escurecesse. Pela manhã, decidia a qual cidade desejava chegar. Não conhecia a região e não tinha ideia de como seriam as diferentes cidades. Só orava bastante e ficava imaginando.

Um dia, decidi-me por uma certa cidade no Novo México e dirigia velozmente pela extremidade do Colorado. De repente, ouvi a sirene e vi luzes vermelhas piscando. Sim, precisei admitir que estava andando um pouquinho rápido demais para chegar ao destino antes de escurecer.

O amistoso policial observou que eu estava sozinha e desconhecia a região. Perguntou sobre meus planos e, quando lhe contei quais eram, ele me mostrou no mapa uma boa estrada que reduziria bastante a distância. Então, me disse que a cidade à qual eu planejava chegar antes do anoitecer ficava numa área na qual não era aconselhável que uma mulher sozinha permanecesse. Fiquei apavorada diante do equívoco que eu quase cometera. Senti profunda gratidão para com Deus por ter-me feito parar. Como já era de tarde no momento em que fui parada, decidi ficar naquela cidade. O policial me garantiu que era segura.

A princípio, fiquei aborrecida por ter sido descuidada a ponto de um policial me fazer parar, mas depois entendi que Deus usara esse incidente para me livrar do perigo. Com muita frequência ando pela vida em disparada, supondo que estou muito bem. Tenho certeza de estar tomando boas decisões. Fico satisfeita com o bom avanço na estrada que escolhi. Felizmente, cada manhã, dou a Deus permissão de interferir na minha direção, de interromper meus bem delineados planos, de mudar meu rumo através de quaisquer meios para me chamar a atenção.

Deus usa tantos recursos diferentes, que fico sempre estupefata diante de Sua engenhosidade e criatividade. Nem sempre no momento, mas posteriormente, acho graça de Seus métodos às vezes divertidos e louvo-O por Sua disposição de tomar tempo para vigiar todas as minhas escapadas, e por Sua sabedoria ao guiar-me para onde realmente preciso ir. Muito obrigada, Pai.

(Lana Fletcher)