Dando Sempre Graças a Deus

Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 1 Tessalonicenses 5:18.

Naquela manhã de sábado, cheguei à igreja com grande expectativa. Desejava encontrar minha amiga para saber os resultados do exame de uma senhora que estava ficando cega. Minha amiga vendia planos de saúde e tinha contato com vários médicos, de modo que marcou uma consulta. Ficava cada vez mais difícil para aquela senhora movimentar-se sem auxílio, porque não enxergava mais. Ela queria ler a Bíblia novamente, algo que gostava muito de fazer.

Então, procurei minha amiga e, quando a encontrei, perguntei sobre o resultado do exame. Minha grande esperança era de que o diagnóstico fosse de catarata, ou algo que uma cirurgia ou um tratamento pudesse consertar, ou que o uso de óculos resolvesse. Infelizmente, o médico relatou que o nervo ótico havia sido danificado por causa da falta de vitamina A, e que nada mais poderia ser feito. Não havia cura. Essa notícia me deixou muito triste. Perder algo tão precioso quanto a visão e ter que viver no escuro seria realmente algo para causar desespero.

Então, minha amiga disse algo que me surpreendeu: – Quando tentei consolar essa mulher, foi ela quem me consolou, dizendo: “Estou cega, sim, mas ainda posso fazer algo pelo meu Mestre. Ainda tenho voz para falar do amor de Deus aos outros. Posso distribuir folhetos e testemunhar de Deus àqueles a quem amo. Louvado seja o Senhor, ainda posso fazer isso!”

E ela fez! Distribuía folhetos, falava de Jesus e convidava pessoas para receber estudos bíblicos. Nunca se queixava e tinha sempre um sorriso no rosto. Um verdadeiro exemplo!

Hoje, seu testemunho permanece vivo na minha memória. Quantos de nós, que podemos ver, não fazemos nem metade do que ela tem feito ao longo da vida. Sua visão espiritual me inspira, e creio que ela tem sido uma inspiração para muitos outros também.

Que hoje testemunhemos de Jesus para as pessoas com quem entramos em contato, usando as faculdades que temos, em vez de reclamar das que não temos.

(Cristina Florêncio)