Deus Pode Usar Até E-mail!

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. 2 Coríntios 1:3, 4.

Mandar e-mails é algo que realmente gosto de fazer. Meu cadastro de endereços está cheio de nomes de pessoas que nem mesmo conheço. A razão para isso é que faço estudos bíblicos e atendo pedidos de oração intercessória. Muitas pessoas com as quais oro pela internet continuam a me escrever e parecem animadas através dos nossos estudos on-line. Procuro não encaminhar muito material que recebo de outros, mas às vezes chega algum que me toca o coração, e me sinto impressionada a mandá-lo para alguém. Foi esse o caso, hoje de manhã.

Chegou para mim uma mensagem com a parábola de um homem que havia ido para o Céu por ocasião da segunda vinda de Jesus. Estava em pé na sala de julgamento, quando notou que todos tinham retalhos de colchas, expostos, representando a vida deles. Alguns eram coloridos e formavam belos desenhos; outros continham pequenos furos. Ele notou que seus retalhos eram esfarrapados, feios e cheios de furos. Perguntou-se o que estaria acontecendo.

Quando indagou ao anjo a respeito, este segurou os retalhos e, ao fazê-lo, o homem viu a luz de Deus brilhando através dos buracos feios. Aquilo, na realidade, era lindo! O anjo lhe assegurou que as peças com mais furos eram, na verdade, as mais lindas, porque permitiam que a luz de Deus brilhasse através delas.

Senti-me impressionada a passar essa mensagem adiante a várias pessoas, e pouco tempo depois recebi uma resposta que realmente me fez parar e pensar: Senhor, e se eu não houvesse prestado atenção ao Teu toque?

Esse homem havia aberto o e-mail em grande desespero. A mensagem lhe veio segundos após ter ele pensado seriamente em tirar a própria vida. Disse que estava chorando enquanto escrevia, e sentira que não lhe restava mais nada para oferecer ao Senhor. Sentia-se muito grato por eu ter-lhe enviado a história, e me agradeceu repetidas vezes.

Deus tem muitas maneiras pelas quais nos pode usar para encorajar outros. Oro para que Ele sempre nos conserve atentos para responder positivamente, mesmo quando se trata de algo tão simples como enviar um e-mail.

(Anna May Radke Waters)