Louvor na prisão


Mensagem: Testemunhamos de Jesus fazendo o que é correto.

Verso para decorar: “Tendo o cuidado de fazer o que é correto.” (2 Coríntios 8:21)

Paulo e Silas estavam na prisão. Eles podiam com facilidade queixar-se e reclamar, mas amavam a Jesus e fizeram algo bem diferente. Vamos ver como eles testemunharam a respeito de Jesus.

Esses homens são servos do Deus Altíssimo! Estão ensinando ao povo como salvar-se!

Enquanto Paulo e Silas andavam pela cidade, uma moça escrava possuída por um espírito mau os seguia. Os senhores daquela moça ganhavam muito dinheiro ouvindo o que o espírito mau predizia e, então, contando ao povo o que lhe aconteceria. Durante muitos dias, aquela moça seguiu Paulo e Silas, gritando.

Finalmente, Paulo se voltou para a moça e ordenou ao espírito mau:

- Em nome de Jesus Cristo, eu lhe ordeno que saia dela!

Imediatamente, o espírito mau deixou a moça e ela ficou quieta.

Os senhores daquela moça ficaram muito, muito zangados. Agarraram Paulo e Silas e os levaram às autoridades da cidade.

- Estes homens são judeus e estão perturbando nossa cidade - gritaram eles.

Uma multidão furiosa se ajuntou e bateu em Paulo e Silas com varas. Então, as autoridades mandaram prender Paulo e Silas.

Embora sentissem muita dor, Paulo e Silas começaram a cantar louvores a Deus, na prisão. Os outros prisioneiros e o carcereiro mal podiam acreditar no que estavam ouvindo. Perto da meia-noite, houve um terremoto tão grande que todas as portas da prisão se abriram e as correntes dos prisioneiros se soltaram. O carcereiro pensou que todos os prisioneiros haviam fugido! Ele tremeu de medo.

Mas Paulo, então, gritou ao carcereiro:

- Estamos todos aqui!

O carcereiro pediu que lhe trouxessem alguma luz. Então, correu para ver por si mesmo. Nenhum prisioneiro fugira! Estavam todos ali.

O carcereiro levou Paulo e Silas para sua própria casa.

- Senhores - disse ele - que devo fazer para ser salvo?

Paulo e Silas sorriram.

- Basta crer! – eles disseram. - Creia no Senhor Jesus, e serão salvos você e os de sua casa.

- Eu creio – respondeu o carcereiro, enquanto lavava os ferimentos de Paulo e Silas.

Antes de amanhecer, Paulo e Silas batizaram o carcereiro e toda sua família.

Paulo e Silas fizeram o que era correto. Louvaram a Deus mesmo quando coisas ruins lhes aconteceram. E mostraram ao carcereiro o amor de Jesus. Você também pode partilhar sobre Jesus fazendo o que é correto.




Referências: Atos 16: 16-34