Amando a Bíblia

"E, desde menino, você conhece as Escrituras Sagradas, as quais lhe podem dar a sabedoria que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus.” 2 Timóteo 3:15

Há muitos anos, durante uma viagem de navio vindo da Europa, o capitão encontrou um garoto e perguntou-lhe:

– O que faz aqui?

– Meu pai e minha mãe morreram, e vou para a América à procura de meu tio.

– O que é isto? – perguntou o capitão, apontando para uma pequena bolsa junto ao peito do menino.

– É a bolsa que pertencia a meu pai.

– O que tem dentro?

– A Bíblia de minha mãe. Ela me disse que jamais devo perdê-la.

– Isso é tudo o que você conseguiu trazer?

– Sim, senhor.

– Não havia outra coisa para salvar?

– Sim, mas a Bíblia era mais importante do que as outras coisas.

– E se você a perdesse?

– Então, eu estaria realmente perdido, não é?

Impressionado com a atitude fervorosa do jovem, o capitão afirmou:

– Muito bem, eu cuidarei de você.

Quando chegaram em terra firme, o capitão encaminhou o rapaz a um comerciante cristão, a quem contou a história toda.

– Tomarei conta do moço – disse o comerciante –, não preciso de outras recomendações. Um rapaz que se apega à Bíblia de sua mãe em tais circunstâncias de perigo, dará boa conta de si.

É sempre bom encontrar jovens que amam a Bíblia. Melhor ainda é ouvir um jovem falando da Bíblia sem se sentir envergonhado disso.

A Bíblia é um livro precioso, porque é a Palavra de Deus. Faça dela um livro muito amado também.