As 7 igrejas do apocalipse

O que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia (Apocalipse 1:11).

As sete igrejas tem três significados distintos e perfeitamente aplicáveis.

1º As cartas eram verdadeiramente endereçadas à sete igrejas que existiam na Ásia no tempo dos apóstolos, seus conteúdos expressam perfeitamente as características daquelas igrejas.

2º As cartas e as igrejas representam também a trajetória da igreja cristã desde sua fundação por Cristo, passando por vários períodos até a volta de Jesus, hoje fazemos parte da igreja de Laodicéia, a última igreja.

Cada igreja representa uma fase da igreja cristã nestes séculos de existência, até a volta de Jesus. Cada fase representa um comportamento da igreja.

3º As cartas são aplicáveis a cada pessoa individualmente, são advertências e promessas que Jesus faz a cada individuo, nestas cartas o conteúdo é sempre de aprovação e reprovação mas sempre acabam com uma linda promessa para o obediente.